29 de maio de 2015

Ucrânia pode ter LEI MARCIAL

Lei Marcial pode ser declarada na Ucrânia em questão de horas adverte– Poroshenko

 


RT
29 de maio de 2015

Presidente da Ucrânia Petro Poroshenko declarou que pode declarar a lei marcial em seu país em questão de horas,  caso  haver um adiantamento sobre as posições do exército ucraniano.

Poroshenko falou em entrevista ao programa intitulado "Um ano de Poroshenko", dedicado ao aniversário por ele ser eleito presidente depois que o líder anterior foi derrubado em um golpe. A entrevista na Ucraniana TV foi ao ar em um  programa na quinta-feira à noite.

Ele disse que ira assinar um decreto introduzindo lei marcial imediatamente, devendo haver uma ofensiva contra o exército de Kiev, no leste do país: "Minha posição fundamental: se o cessar-fogo está quebrado agora, se a linha de confronto é atravessada, se um avanço contra as forças armadas ucranianas é organizado, neste momento eu vou assinar o decreto sobre a introdução de lei marcial pesada e passá-la para o parlamento.

"Eu não tenho nenhuma dúvida de que dentro de horas, a lei marcial será promulgada", continuou Poroshenko, dizendo que ela permitirá a Ucrânia para "demonstrar a sua prontidão para a guerra total, para a vitória, para a defesa e para a paz." O presidente ucraniano alega que, durante sua termo o protocolo lei marcial foi significativamente "melhorado".

A última edição inclui uma série de novas funcionalidades.

Uma delas é a detenção extrajudicial e a deslocalização forçada de cidadãos de um "país estrangeiro que ameaça ou compromete-se a agressão para com a Ucrânia." Isso pode ser qualquer russo desde que a Rússia é considerada um "Estado inimigo agressor" em nível oficial. Kiev acredita  em combatentes anti-governo apoiados no leste da Ucrânia pela Rússia, que Moscou nega veementemente.

Para além da deslocação forçada de estrangeiros, a lei marcial permitirá às autoridades a confiscar a propriedade privada, assumir o controle total de qualquer mídia e proibir quaisquer partidos e organizações que são consideradas uma ameaça política. Elatambém será capaz de proibir toda e qualquer comícios e manifestações de massa e a livre circulação.


Para a  lei marcial ser promulgada, o Parlamento tem de aprovar uma decisão correspondente pelo presidente ucraniano. Ela pode ser declarada em todo o país ou regiões selecionadas.

Poroshenko também ressaltou que os países estrangeiros não serão capazes de enviar ajuda militar para a Ucrânia  se deverá haver uma guerra em grande escala. "Eu nunca ouvi falar que, você sabe, 'nós iriamos ajudá-lo, mas você realmente não tem uma guerra", disse ele. "Muito pelo contrário:" infelizmente, se houver guerra, o direito internacional nos proíbe de dar-lhe a ajuda que podemos dar-lhe agora. "

O conflito ucraniano começou em abril passado, quando Kiev lançou uma operação militar no sudeste nas Regiões de  Donetsk e Lugansk , depois que eles se recusaram a reconhecer, as novas autoridades do país impostas por-golpe .

O número de mortos no conflito Ucrânia ultrapassou 6.000 pessoas. Mais de 15.000 foram feridos, de acordo com estimativas da ONU.
 

3 comentários:

Unknown disse...

Um artigo sobre os brics interessante tambem.ps:cara ta caindo o maior pe da'gua aqui em vitoria kkkkkk http://voltaire77.blogspot.com.br/2015/05/brics-sapateia-sobre-os-eua-na-america.html?m=1

Packers And Movers Mumbai disse...

nice really like your blog, thanks for share...
please visit are website..
Packers and Movers Mumbai

Packers Movers Chennai disse...

I must say you had done a tremendous job,I appreciate all your efforts.Thanks alot for your writings......Waiting for a new 1...Please visit our wonderful and valuable website:
Packers And Movers Chennai