25 de maio de 2019

Uma crise ao estilo Golfo de Tonkin

Golfo de Tonkin "Crise", estilo iraniano


De Robert Fantina
O governo dos Estados Unidos está sempre batendo nos tambores da guerra; é o que as nações violentas e desonestos fazem. Atualmente, um não-problema no Oriente Médio está sendo considerado uma ameaça aos poderosos EUA.

As manchetes eram sensacionais:

"Arábia Saudita diz que petroleiros são atacados à medida que as tensões iranianas aumentam" - Bloomberg
‘Presidente Trump adverte o Irã sobre‘ sabotados ’petroleiros no Golfo’. - Tempo
E um terceiro, pode valer a pena prestar atenção em:
'NOS. Diz que os petroleiros do Golfo foram sabotados pelo Irã ou pelos aliados iranianos, mas as imagens de satélite não apresentam danos importantes. - Correios Nacionais.
Vamos olhar novamente para a segunda frase na manchete do National Post: "... as imagens de satélite não mostram grandes danos".
Para aqueles que não estão cientes da história dos EUA, vamos voltar a cinquenta e cinco anos e rever outro não-evento que teve consequências catastróficas e mortais.
Em 2 de agosto de 1964, o contratorpedeiro norte-americano Maddox foi enviado para o Golfo de Tonkin, na costa do Vietnã, onde não tinha negócios legítimos. Naquele dia, o pessoal do Maddox informou que o navio havia sido disparado por torpedeiros norte-vietnamitas. O Maddox atirou de volta e um barco vietnamita foi afundado. As tensões entre os EUA e o Vietnã, já altas, continuaram a subir.
Dois dias depois, o Maddox e um segundo navio, o C. Turner Joy, estavam novamente no Golfo de Tonkin. Instrumentos no Maddox mostraram que estava sob ataque, e ambos os navios dispararam, auxiliados por aviões de guerra dos EUA.
No entanto, houve realmente um ataque? Dentro de 24 horas, o capitão do Maddox concluiu que talvez não houvesse um. O piloto de um jato Crusader, James B. Stockdale, realizou um vôo de reconhecimento sobre o abismo naquela noite. Ele foi perguntado se ele viu algum navio de ataque norte-vietnamita. Stockdale não se equivocou em sua resposta. Disse ele: “Não um. Sem barcos, sem despertar, sem ricochetagem de barcos, sem impactos no barco, sem torpedos - nada além do mar Negro e do poder de fogo americano. ”Aparentemente, imagens fantasmas no radar registraram um ataque que não aconteceu.
No entanto, esse não-acontecimento foi visto como um ataque contra os Estados Unidos sagrados. Não importa que não tenha havido nenhum ataque. Não importa que, mesmo que houvesse, o governo vietnamita tivesse todo o direito de proteger seu cidadão dos invasores externos. Em poucos dias, o Congresso aprovou a "Resolução do Golfo de Tonkin", dando ao presidente Lyndon Johnson amplos poderes para repelir a agressão inexistente. No entanto, antes da aprovação dessa resolução, era sabido por Johnson e seus principais auxiliares que não havia ataque. E o presidente dos EUA não foi muito simpático ao equipamento defeituoso que registrou um ataque onde não havia um. Poucos dias depois do segundo ataque, ele disse a um assistente: “Inferno, aqueles estúpidos marinheiros estariam apenas atirando em peixes voadores”.

Dez mentiras de guerra reveladoras
Dizem que a verdade é a primeira vítima da guerra. A mentira do incidente do Golfo de Tonkin, exposta em 24 horas mas escondida do público durante anos, permitiu que Johnson aumentasse significativamente a presença dos EUA no Vietnã, causando a morte de pelo menos 2.000.000 de pessoas no Vietnã e centenas de milhares e talvez milhões mais, no Camboja e no Laos. Mais de 55.000 soldados dos EUA morreram. Toda essa carnificina devido a uma mentira que os funcionários do governo sabiam desde o começo era, na verdade, uma mentira.
Em termos de história, cinquenta e cinco anos não são muito tempo, mas para os funcionários do governo dos EUA, pode ser uma eternidade. O artigo do National Post diz: “Quatro petroleiros ancorados no Oriente Médio foram danificados pelo que autoridades do Golfo descreveram como 'sabotagem', embora imagens de satélite obtidas pela Associated Press na terça-feira não tenham mostrado grandes danos visíveis aos navios”. enviou destruidores ao Golfo Pérsico e está aumentando a retórica de guerra. Surpreendentemente, não é o chefe fanático, o errático e ignorante Donald Trump que está liderando a acusação, mas seus principais assessores, incluindo o conselheiro de segurança nacional John Bolton, e o secretário de Estado pseudo-cristão evangélico, Mike Pompeo, que fará qualquer coisa por Israel. E o Irã ameaça a hegemonia israelense no Oriente Médio, de modo que os soldados dos EUA devem estar preparados para morrer de forma que o apartheid possa manter seu status de poderoso estado pária. E esse não-evento pode ser exatamente o que Bolton e Pompeo precisam para começar outra guerra.
Os EUA invadirão o Irã como o Vietnã em 1964? A Guerra do Vietnã foi uma perda desmoralizante para os Estados Unidos, cujo governo subestimou a força e a resiliência do povo do Vietnã. Isso fará com que o mesmo erro sobre os iranianos corra perigo. O Irã não é uma nação isolada; ela é poderosa por si só, apesar das sanções injustas e ilegais que os EUA impuseram, que o ex-relator das Nações Unidas Alfred de Zayas disse que poderia equivaler a crimes contra a humanidade, e tem poderosos aliados, incluindo a Rússia. Qualquer invasão pelos EUA do Irã será uma catástrofe para o Oriente Médio e os Estados Unidos.
Em 1964, Johnson, como todos os políticos dos EUA, precisava mostrar que era "forte" contra o comunismo, apesar das escolhas das pessoas em países independentes e soberanos em todo o mundo. Hoje, todos os políticos têm que demonstrar sua força contra o "terrorismo", o bugaboo que os EUA inventaram, e que ele pratica com tal conhecimento em todo o mundo. Apesar de seu longo e feio registro de terrorismo - estima-se que, desde a Segunda Guerra Mundial, os EUA mataram pelo menos 20 milhões de pessoas - e suas atuais atividades terroristas no Iêmen, na Síria e em outros lugares do mundo, o governo dos EUA incrivelmente, acusou o Irã de ser o principal patrocinador do terrorismo no mundo. O Irã não invadiu outra nação desde 1798. Os EUA estão em guerra há pelo menos 224 de seus sangrentos 243 anos de história.
Haverá guerra? Os EUA realmente cometerão o erro colossal de invadir o Irã? Enquanto se espera que as cabeças mais frias venham a prevalecer, é assustador pensar que Donald Trump é um dos chefes mais "coolers". Mas essa parece ser a situação atual nos Estados Unidos.

Embora Trump pareça não se importar com o que pensam os aliados mais próximos dos EUA, espera-se que eles possam de alguma forma influenciá-lo a agir de maneira racional. É muito para esperar, mas pode ser o melhor que se pode esperar para evitar que os EUA se autodestruam e levem grande parte do mundo com ele, em outra guerra desnecessária.

9 comentários:

Unknown disse...

Eu estou pasmo. Estou me beliscando pra ter certeza que estou acordado. O blog do Daniel Lucas mostrando a realidade sem puxar saco dos norte americanos?

Anônimo disse...

kkkkkk...Então não foi só eu que notei?

Anônimo disse...

Delete esses intolerantes!
Entenda,quando os acusadores dizem que o blog não está puxando o saco para os americanos,é porque vc está criticando-os.Como eles são passionais e parciais,a única língua que eles entendem é a dos seus gostos pessoais,do contrário,eles se ofendem.

Joelson disse...

todo pró americano é burro e mentiroso, contrário a verdade e medíocre

jorge disse...

O fato apontado por alguns leitores pode ser constatado pelo histórico do grande número de matérias, com a perspectiva e anseios, do site sionista Debkafile; sem a necessária publicação de outras perspectivas.
Agora agradou aos que são contrarios à política beligerante dos EUA e Israel, onde sempre me incluo e desagradou àqueles que veem a mão de deus, mesmo nas carnificinas desta dupla.
Qdo possível, a publicação de versões simultâneas agradaria mais e diluiria o radicalismo.

Unknown disse...

Todo lambe-bota russo,esquerdopata, é histérico,passional,mentiroso,acéfalo,cujos poucos neurônios que tem não permitem entender a conjuntura.
Esses parvos esquecem que a Rússia é capitalista,a China é capitalista selvagem cujo povo só tem o direito de trabalhar para o partido comunista que às suas expensas.
Acorda alienado ensandecido,que a vida logo passa!

Gabriel disse...

Senta o cu em cima de uma rola de um Negão e roda.seu corno velho

Anônimo disse...

Boa noite, aqui de Portugal hoje em eleicoes europeias!
Oh homens, nao se maltratem que nao vale a pela!
A guerra e inevitavel... Ou que comece porque aconteceu alguma cagada (fabricada ou nao), ou porque alguem se passe da marmita, ou porque alguem se acha no direito de meter o bedelho no "quintal alheio"... Vai ter que acontecer, isso e certo.
Mas, nenhum e melhor que o outro... Isto sao so jogos de interesses, para infelicidade nossa.
Estejam atentos ao que vai acontecendo, preparem-se, ajudem-se ao inves de se chatearem.
Cumprimentos
Paula

Anônimo disse...

Atirei na cutia e acertei em um ¨viado¨,o veado-vermelho,com galhada,fugiu!
Acorda apedeuta histriônico!