21 de março de 2017

Presença militar russa em área curda da Síria

Vídeo: Presença Militar da Rússia no Norte da Síria, na área controlada pelo YPG curdo

syria russian
A Rússia está montando uma instalação militar na área do cantão de Afrin controlado pelas Unidades de Proteção do Povo Curdo no noroeste da Síria. O acordo sobre o estabelecimento da base foi concluído no domingo, de acordo com o porta-voz da YPG, Redur Xelil. A base será supostamente localizada na aldeia de Qatmah. Militares russos já chegaram na área com veículos blindados, caminhões e transportadores de tropas. De acordo com o porta-voz do YPG, conselheiros militares russos supostamente treinarão combatentes do YPG e aumentarão a cooperação com o YPG no combate ao terrorismo.
O Ministério da Defesa russo negou a criação de uma base militar e disse que algumas unidades do Centro de Reconciliação haviam sido enviadas para a área para "observar" o cessar-fogo. Em todo o caso, isto contribuirá claramente para melhorar ainda mais as relações entre as entidades políticas militares curdas e o governo sírio.
As tropas do governo reverteram uma parte significativa dos ganhos conseguidos no distrito industrial de Qabun, no leste de Damasco, e re-impuseram o cerco na área de Qabun, fazendo com que Hay'at Tahrir al-Sham (antigo ramo oficial da al-Qaeda)
Os confrontos ainda estão em curso na área, mas é claro que as forças militantes conjuntas lideradas pela Al-Qaeda não conseguiram atingir seus objetivos militares. O crescimento das operações lideradas pela Al-Qaeda no campo de Damasco poderia desencadear um avanço do governo visando a remoção da área de militantes. Neste caso, Qabun é um alvo legítimo para as forças governamentais.
Na província de Alepo, o exército sírio e seus aliados pretendem cortar a estrada que liga Deir Hafer à base aérea controlada pelo ISIS de Jirah e cercar a cidade. As forças do governo libertaram a vila de Al-Qusayr e a estação de trem próxima de ISIS e atacaram terroristas em Jifr Mansur, em Aqulah, e em Adasarah.
As Forças Democráticas Sírias (SDF), apoiadas pelos Estados Unidos, predominantemente constituídas pelas Unidades de Proteção do Povo (YPG), assumiram o controle de Karamah, Tal Fatisah, Khardal e da reserva de petróleo Balasim, a leste da cidade de Raqqah, controlada pelo ISIS. O avanço do SDF foi ativamente apoiado pelos militares dos EUA. Pelo menos um helicóptero de ataque Apache foi visto apoiando o avanço SDF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário