15 de março de 2017

Rússia une as forças da região separatista georgiana da Ossétia do Sul as Forças Armadas russas

Putin instrui assinar acordo para integrar as forças da Ossétia do Sul ao exército russo



A integração das unidades militares separadas da Ossétia do Sul nas Forças Armadas russas implica o recrutamento de cidadãos para o serviço militar no exército russo


© Alexei Nikolskiy/Russian Presidential press service/TASS
O presidente da Rússia Vladimir Putin

MOSCOU, 15 de março / TASS /. O presidente da Rússia, Vladimir Putin, deu instruções na terça-feira para aceitar a proposta do governo e assinar um acordo sobre o procedimento de integração das unidades militares separadas da Ossétia do Sul nas Forças Armadas russas.
As instruções do presidente foram colocadas no portal de informações legais do governo na terça-feira.
Putin também instruiu o Ministério da Defesa russo a realizar negociações com o lado da Ossétia do Sul e assinar este acordo em nome de Moscou.
Segundo o acordo, a integração de unidades separadas nas Forças Armadas russas implica o recrutamento de cidadãos para o serviço militar nas Forças Armadas Russas e o envio para a base militar russa de um procedimento voluntário para o serviço ativo.
Ao concluir tal contrato, um cidadão deve ser dispensado do serviço militar nas forças armadas de Ossétia do Sul e seu dever ativo adicional será regulado pela legislação russa.
O acordo sobre a integração de algumas unidades do Ministério da Defesa da Ossétia do Sul nas Forças Armadas Russas é um documento adicional ao Tratado de Relações Aliadas e Integração assinado pelos presidentes de ambos os países em 18 de março de 2015.
Resultado de imagem para ossétia do sul mapa

Nenhum comentário:

Postar um comentário