15 de maio de 2017

EUA admitem teste bem sucedido de míssil da Coreia do Norte que afirma ter essa real capacidade

Fontes dos EUA: o último teste de mísseis da Coreia do Norte aponta para capacidade de longo alcance




DEBKAfile 15 de maio de 2017, 17h39 (IDT)

Menos de 24 horas após o último teste de mísseis balísticos da Coréia do Norte, a inteligência dos EUA e fontes militares segunda-feira inverteram sua avaliação original de um lançamento fracassado. Eles estão agora atribuindo-lhe as melhores marcas como o mais bem sucedido teste de mísseis balísticos de fogo até à data. Eles confirmaram que o motor grande e poderoso do míssil permitirá voar a uma distância de 4.000km e é capaz de carregar uma "ogiva nuclear pesada de grande escala", como Kim Jong-un diz ter . As bases dos EUA na ilha de Guam estão, portanto, estão dentro do alcance.

2 comentários:

  1. Quanto mais deixarem o tempo passar, mais bombas nucleares eles terão e com melhor alcance.... Não tem jeito, os EUA vão ter de tomar a única decisão possível, pois parece claro que o ditador coreano está irredutível.... Deveriam ter agido muito antes, mas, agora, vão ter de agir e esperar grandes perdas....

    ResponderExcluir
  2. E bom olhar o mapa mundi. Bombardear atomicamente a RPDC é contaminar letalmente a Coréia do Sul, parte da China e da Rússia. Sem um concerto com a China e a Rússia e a Coréia do Norte, a tarefa fica inviável. O jeito é permitir a reunificação da Coréia, que emergirá como uma potência média e poderosa. Com ou sem armamento nuclear. Por que falar da República Popular e Democrática da Coréia, se Israel e Paquistão estão armados até os dentes e os dirigentes americanos nada dizem?

    ResponderExcluir