8 de junho de 2018

Putin manda um recado a Ucrânia

Putin adverte Ucrânia contra ação militar no leste durante a Copa do Mundo
Staff da Reuters


MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, alertou com rigor Kiev sobre "consequências muito sérias para o Estado ucraniano" se este for lançar uma ação militar contra rebeldes pró-russos no leste durante a Copa do Mundo, que começará na Rússia na próxima semana.

O presidente russo, Vladimir Putin (C), assiste a uma transmissão ao vivo em todo o país em Moscou, Rússia, em 7 de junho de 2018. Sputnik / Alexei Druzhinin / Kremlin via REUTERS
Zakhar Prilepin, um escritor russo que assessora rebeldes na região de Donetsk, separatista russa, pediu a Putin, durante uma conversa telefônica na televisão, que comentasse a possibilidade de a Ucrânia lançar uma ação militar durante o torneio de um mês de duração.

"Espero que não haja nenhuma provocação, mas, se acontecer, acho que isso teria consequências muito sérias para o Estado ucraniano em geral", disse Putin.

A Rússia sediará a Copa do Mundo de 14 de junho a 15 de julho em 11 cidades russas, incluindo Rostov-on-Don, a cerca de 100 km da fronteira com a Ucrânia.

Mais de 10.000 pessoas foram mortas desde abril de 2014 em um conflito que opõe forças ucranianas contra separatistas apoiados por russos no leste da Ucrânia.

Conflitos intermitentes persistem apesar de um cessar-fogo e esforços de paz diplomáticos.

Reportagem de Denis Pinchuk; Escrita por Tom Balmforth e Gabrielle Tétrault-Farber; Edição de Kevin Liffey

https://uk.reuters.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário