1 de maio de 2017

Turquia vai prosseguir atacando alvos curdos mesmo com presença dos EUA


Apesar dos fuzileiros navais dos Estados Unidos na Síria, Erdogan continuará atacando curdos


DEBKAfile 1 de maio de 2017, 13:58 (IDT)

Pouco depois da chegada ao extremo norte da Síria de um grupo adicional de fuzileiros navais dos EUA para reforçar a defesa da milícia curda YPG, o presidente turco Tayyip Erdogan declarou: "Podemos ir a atacar a YPG durante a noite, de repente sem aviso prévio". Que ele tem uma dura crítica as tropas e bandeiras dos EUA em homenagem a um dos milicianos curdos mortos em um ataque aéreo turco no fim de semana. Erdogan também disse que apresentaria essa queixa ao presidente Donald Trump quando se encontrarem em Washington no dia 16 de maio. DEBKAfile: Um contingente adicional blindado de fuzileiros navais dos EUA foi afixado para o norte da Síria após o ataque aéreo turco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário