30 de dezembro de 2016

Guerra Fria 2.0

modo férias




Embaixada da Rússia: Sanções de Obama tentam reiniciar de vez a Guerra Fria



O movimento do medo dos suportes de Trump é uma estratagema para que Obama permaneça no poder


Paul Joseph Watson


30 de dezembro de 2016

null
A embaixada da Rússia em Londres respondeu à decisão do presidente Barack Obama de expulsar 35 diplomatas russos dos Estados Unidos, alertando que Obama estava envolvido em "deja vu" da Guerra Fria.
Descrevendo os diplomatas como "agentes de inteligência", o Departamento de Estado disse que também fecharia dois compostos russos em Nova York e Maryland. Os diplomatas receberam 72 horas para sair.
A administração mais uma vez não conseguiu produzir qualquer evidência sólida de que a Rússia estava por trás de qualquer um dos hacks que teve um impacto sobre a eleição presidencial dos EUA, que foi perdida por Hillary Clinton, o candidato Obama apoiou.
"Presidente Obama expulso 35 (russo) diplomatas em guerra fria deja vu. Como todo mundo, inclusive os americanos), ficará feliz em ver o último deste infeliz Almirante ", twittou a embaixada oficial russa em Londres.

*********************

Paul Joseph Watson é editor de  Infowars.com and Prison Planet.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário